sexta-feira, 5 de março de 2010

O Universo é Infinito.

O inverno chegara e os corações de pedra serão congelados com o vento que sopra as folhas que ficaram do outono. A primavera derretera tudo com o calor e as cores de belíssimas flores! Depois, o ciclo recomeçara no verão.
O Sol vai voltar a pino, o coração vai descongelar, mas continuara de pedra.
Como uma das pedras cobertas de musgo restante das estações.
Onde passeiam lagartas que seguirão como borboletas e fortes formigas andam a se sustentar.
E quem restará para contar a história de grandes tempos de amargura sem amor? O próprio amor. Preso em vocês que pregam o ódio e estimulam o rancor.
Mas ainda existe amizade e confiança para mudar o conceito de sofrimento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem sou eu

Minha foto
Sou um poeta suicida indagando a realidade. Cortando meus pulsos para ver a vida escorrer pelas veias junto com meu sangue.